...
🛫 Leia mais sobre infobusiness, alfabetização financeira, crescimento pessoal. Negócios de internet, negócios na internet, investimentos, ganhos, profissões, investimentos rentáveis, depósitos. Histórias de sucesso, auto-desenvolvimento, crescimento pessoal.

Investindo em você: instruções detalhadas + por onde começar

7

Investir em si mesmo significa gastar tempo e dinheiro para melhorar sua saúde física, mental, emocional e financeira. Este é o único tipo de investimento que não traz grandes riscos. Porque investir em si mesmo é sempre lucrativo.

Não importa o que aconteça com os mercados de ações, a taxa de câmbio ou a situação geopolítica global, uma pessoa saudável e inteligente sempre encontrará como se sustentar. Se você coletar todo o dinheiro do mundo e dividi-lo igualmente entre todas as pessoas, depois de um tempo os muito ricos e os muito pobres aparecerão novamente no mundo.

Portanto, você não deve confiar no estado ou em uma herança repentina. A maneira ideal de melhorar a qualidade de vida no futuro: investimento efetivo em si mesmo. Você pode investir dinheiro e tempo em qualquer coisa:

  • Habilidades;
  • conhecimento;
  • relações;
  • habilidades interpessoais;
  • auto estima.

Direta ou indiretamente, qualquer um dos pontos pode trazer lucro no futuro, levar à prosperidade.

Como investir em você?

Você não deve se inscrever nos primeiros cursos que gosta ou levar dinheiro para uma organização que promete 300% de lucro em um ano. Claro, pode-se dizer que mesmo investimentos malsucedidos trazem renda na forma de experiência, mas tais investimentos podem desencorajar permanentemente o desejo de novas ações. Portanto, antes de começar a gastar dinheiro real, é recomendável estudar algumas diretrizes.

Assuma a responsabilidade pela sua vida

Algumas pessoas não conseguem entender que a qualidade de vida não depende dos pais, nem do presidente, nem do câmbio. Claro que todos esses fatores influenciam, mas a decisão final é da própria pessoa.

Por exemplo: os pais não tiveram a oportunidade de pagar a educação na Inglaterra. Mas se um adulto tem esse desejo, ele deve estabelecer uma meta apropriada e alcançá-la. Pensar constantemente que os pais não deram educação estrangeira é destrutivo.

Você precisa entender que você pode mudar qualquer situação. Mesmo que pareça que não há saída, você precisa parar de culpar seus pais, presidente ou chefe por seus problemas.

Aprenda a definir metas SMART

Sem metas e diretrizes claras, o caminho de vida de uma pessoa se transforma em uma confusão sem sentido ou em uma solução sistemática dos mesmos problemas cotidianos. Por isso, antes de investir em si mesmo, vale a pena dedicar um tempo para traçar metas.

Por exemplo: uma pessoa que se vê como um artista popular é melhor investir em cursos especializados, mentoria. Claro, você pode gastar dinheiro e tempo em cursos de programação, mas é improvável que isso o aproxime da imagem desejada.

Os critérios SMART ajudarão você a definir as metas certas. A abreviatura em inglês significa: específico, mensurável, alcançável, realista e limitado no tempo. O objetivo de “tornar-se artista" pode se transformar em constante reflexão e planos efêmeros. Mas a tarefa de “inscrever-se em uma escola de arte antes…” será o primeiro passo para a realização de um sonho.

Separe pelo menos uma pequena quantidade regularmente

Apesar da abundância de recursos gratuitos, apenas os investimentos financeiros permitem que você consiga o que deseja no menor tempo possível. Mesmo que a renda mensal seja suficiente apenas para as necessidades domésticas, é necessário transferir pelo menos 5-10% para uma conta separada.

É melhor recusar a próxima xícara de café, mas adiar pelo menos 100-200 unidades condicionais. É extremamente importante controlar as despesas e parar de gastar dinheiro em coisas que não são necessárias ou que você precisa pedir emprestado (pegar um empréstimo).

Todos podem mudar a vida para melhor. O principal é tratar a questão como um projeto hiper-responsável.

Como investir em si mesmo: 10 maneiras que os milionários recomendam

Investindo em você: instruções detalhadas + por onde começar

Se a própria ideia de investimento encontra uma resposta emocional, é necessário começar a agir. Abaixo estão os destinos mais populares, cujos investimentos ajudarão a melhorar a qualidade de vida no futuro.

letramento financeiro

Mesmo que ainda não haja dinheiro “vivo”, é imperativo investir em conhecimento sobre como obter, manter e aumentar os lucros. Você precisa ler livros sobre liberdade financeira, ouvir podcasts temáticos. O investimento eficaz em si mesmo é impossível de entender como o dinheiro funciona. As finanças ajudam você a alcançar seus objetivos de vida. Você pode começar com os "clássicos" da literatura financeira:

  • Pai Rico Pai Pobre de Robert Kiyosaki
  • "O Homem Mais Rico da Babilônia", George S. Clason;
  • Pense e Enriqueça de Napoleon Hill.

Mas é melhor contratar um consultor financeiro pessoal para ajudá-lo a planejar os próximos anos.

saúde física

Não muito pode ser alcançado sem uma boa saúde. Todos os recursos atuais, os pensamentos serão direcionados para restaurar a saúde. É por isso que é importante gastar dinheiro em fitness, nutrição adequada. Mesmo que não haja recursos financeiros, vale a pena gastar tempo com um sono saudável completo, meditação. Todos os dias você precisa fazer todo o possível para viver uma vida longa e feliz.

Estado emocional

Ataques de pânico, relacionamentos tóxicos, depressão crônica, estresse destroem uma pessoa por dentro. Em vez de gastar tempo e energia para atingir metas, você precisa lidar com os problemas atuais. Por isso, antes de escolher onde investir, vale a pena trabalhar com um psicólogo. Um especialista ajudará não apenas a resolver problemas emocionais, mas também lhe dirá como mudar sua vida para melhor.

Habilidades profissionais

Se o trabalho principal continua sendo a única fonte de renda, vale a pena investir em educação adicional. A melhoria contínua das habilidades permitirá que você se torne o melhor em seu campo, obtenha uma promoção ou um aumento de salário. Você não precisa desistir do seu emprego e começar seu próprio negócio. Os gerentes de topo ganham muito mais do que os empresários comuns. O principal é “vender” suas habilidades corretamente.

Aprendendo algo novo

Um bom investidor sempre diversifica os ativos. Portanto, vale a pena gastar dinheiro na aquisição de novas habilidades. É desejável encontrar um hobby que traga pelo menos uma pequena renda. Mesmo que uma pessoa perca seu emprego principal, ela terá uma “opção de fallback”.

Abrindo uma conta de investimento

Manter o dinheiro ganho em uma conta bancária significa perder constantemente a poupança (devido à inflação). A melhor maneira de garantir a velhice.

Existem milhares de recursos pagos e gratuitos na Internet que ajudam a construir uma carteira de investimentos com risco mínimo.

Coach pessoal, mentores

Você pode usar conselhos gratuitos na Internet para escolher a direção para os primeiros passos. Mas para quem quer mudar rapidamente a qualidade de vida, vale a pena contratar um coach de negócios ou personal coach.

O consultor identificará pontos fortes e fracos, desenvolverá um programa individual de crescimento profissional e pessoal. Mentores são necessários não apenas para levar um negócio ou carreira para o próximo nível.

A ajuda de especialistas especializados também será necessária para quem sente potencial de crescimento em outras áreas da vida. Ter um treinador não torna uma pessoa fraca ou dependente. O principal é acompanhar o progresso. Se, apesar da implementação das recomendações, não houver mudanças por muito tempo, vale a pena mudar o mentor.

Investir em si mesmo – Conexões sociais, meio ambiente

Investindo em você: instruções detalhadas + por onde começar

Aqueles que procuram investimentos em si mesmos que não exigem dinheiro real devem definitivamente investir tempo na construção e manutenção de relacionamentos.

O vínculo estreito com amigos e familiares será recompensado no futuro. É altamente provável que um amigo próximo ou parente ajude em um momento difícil da vida.

É claro que a comunicação para fins egoístas não levará a resultados positivos. Recomenda-se não recusar reuniões familiares, para ajudar quem precisa.

No entanto, antes de fortalecer as amizades, é importante analisar o ambiente ao seu redor. Sabe-se que cada pessoa é um reflexo das 5 pessoas com quem passa mais tempo.

Portanto, quem se cerca de pessoas apáticas, eternamente insatisfeitas, não encontra respaldo em investimentos e empreendimentos. O ambiente certo deve estimular, ajudar e até orientar.

E se pode ser difícil se recusar a se comunicar com parentes, colegas e amigos tóxicos precisam ser alterados. Basta lembrar do seu ambiente imediato e responder às perguntas:

“Essas pessoas inspiram, incentivam você a se tornar a melhor versão de si mesmo? Eles apóiam quando vêem o fracasso? Eles estão tentando envenenar ou escurecer algum sucesso?”

Se não houver pessoas positivas, solidárias e inspiradoras no ambiente, vale a pena investir tempo em encontrar novos conhecidos. Recomenda-se começar com visitas a fóruns e seminários especializados. Nos treinamentos de crescimento pessoal, é mais fácil conhecer pessoas com um estilo de vida ativo. Embora você possa começar pelas redes sociais: comunique-se em grupos temáticos, participe de webinars.

Lugar confortável para morar e trabalhar

É importante criar um ambiente propício para o crescimento pessoal. Em casa, deve haver um lugar para relaxamento e recuperação, bem como uma área separada onde nada interfira na concentração.

Mesmo que não haja dinheiro para reparos, é necessário organizar. Livro de limpeza mágica de Marie Kondo. A Arte Japonesa de Arrumação” é um bom investimento para quem ainda não está pronto para fazer uma reforma completa.

viagens turísticas

Viajar não deve ser considerado um desperdício de dinheiro. "O mundo é um livro, e quem não viaja leu apenas uma página." Viajar é realmente o melhor investimento em si mesmo.

E não estamos falando apenas de descanso e recuperação, mas também de mudar o tipo de pensamento. É improvável que uma pessoa que tem medo de sair do hotel e explorar os locais circundantes por conta própria decida mudar de emprego ou de ambiente.

Mesmo que não haja dinheiro para viagens ao exterior, vale a pena começar a viajar pelo seu país natal ou explorar todas as ruas de sua cidade natal.

Existem muitas outras áreas para investir em si mesmo, mas esses 10 pontos realmente compensam.

Invista em você – O que fazer se não houver resultados, a motivação para novas ações se foi

Investindo em você: instruções detalhadas + por onde começar

Investir nem sempre traz resultados rápidos. E se o dinheiro gasto em viagens, esportes ou reparos não é uma pena, continuar investindo em treinamento ou coaching sem resultados visíveis parece inadequado.

Os psicólogos identificaram vários pontos pelos quais as pessoas muitas vezes perdem a motivação para um maior desenvolvimento. Felizmente, a maioria dos problemas pode ser resolvida e avançar em direção ao objetivo.

Separe críticas objetivas e tendenciosas

Aqueles que começaram a duvidar da adequação das ações escolhidas, devido a uma enxurrada de críticas, deveriam parar e decidir sobre a objetividade dos comentários.

Pessoas tóxicas e insatisfeitas podem criticar até os melhores investimentos em si mesmas. Mas um treinador de negócios experiente faz comentários com base em sua própria experiência.

A primeira coisa a entender é que a crítica é apenas uma revisão de uma pessoa. Às vezes, os comentários são objetivos e você pode ouvi-los. A crítica objetiva geralmente é acompanhada de propostas específicas, uma análise detalhada dos erros. Surpreendentemente, tal análise apenas motiva a ação e não estraga o clima.

Comentários tendenciosos geralmente são muito emocionais, não baseados em fatos específicos. Você pode tentar explicar a uma pessoa por que precisa investir em si mesmo, mas ouvir em resposta “isso é tudo bobagem”. É melhor ignorar completamente essas críticas. Vale a pena investir seu tempo aprendendo a reconhecer diferentes tipos de críticas, a enfrentar pessoas tóxicas.

Exemplo. A mãe sinceramente não entende por que seu filho gasta dinheiro em viagens, mas não compra um carro. As impressões de cada viagem são envenenadas por comentários de vários tipos. Você pode parar a enxurrada de críticas, e não brigar com sua mãe, dizendo: “Eu ouvi você. Mas o carro – é o seu sonho e desejo. Quero viajar porque viajar me permite encontrar novos amigos e inspiração para o trabalho. Obrigado por sua preocupação, espero que você entenda."

Gaste recursos apenas em seus desejos e objetivos

Às vezes, uma pessoa gasta muito tempo e dinheiro tentando alcançar os objetivos de outra pessoa. No espaço pós-soviético, está na moda ganhar dinheiro para um apartamento, um carro e seu próprio negócio.

Mas a principal razão pela qual uma pessoa deve investir em si mesma: o desejo de se tornar melhor, se sentir feliz e não atender às exigências dos outros. O processo de alcançar objetivos desnecessários e indesejáveis ​​é exaustivo e desmotivador.

Mesmo ao receber valores de prestígio pelos padrões geralmente aceitos, uma pessoa não sente felicidade. Se tais investimentos podem ser pagos é um ponto discutível. Por exemplo, uma cobiçada viagem de volta ao mundo pode custar tanto quanto um bom apartamento (que a sociedade diz que você deveria ter).

Pode levar aproximadamente a mesma quantidade de esforço, dinheiro e tempo para atingir os objetivos. Mas no primeiro caso, depois de receber a pessoa desejada, ele sentirá uma extraordinária elevação, inspiração e, no segundo, desmotivação, decepção consigo mesmo.

Antes de começar a se mover ativamente em direção ao objetivo, gastando recursos, você precisa ter certeza de que o objetivo final é realmente desejável. Então o processo de realização será agradável, não desmotivador.

Não se esqueça de elogiar a si mesmo

Nem todos os tipos de investimentos permitem que você veja o resultado no menor tempo possível. Em um determinado estágio, pode parecer que gastar dinheiro e tempo é inútil. É especialmente difícil para as pessoas que não sentem apoio, ouvem apenas desaprovação e críticas de seus entes queridos. Mas você não precisa esperar que alguém dê um tapinha no ombro e diga: "Não pare".

Aqueles que estabeleceram metas SMART são incentivados a se recompensar por cada conquista intermediária. Pequenas recompensas motivarão, alimentarão o desejo de continuar avançando em direção ao estilo de vida dos seus sonhos.

Invista em você – Esqueça a culpa

Surpreendentemente, as pessoas dos países da ex-URSS se sentem culpadas se investirem em si mesmas, e não em filhos ou parentes mais velhos. Essa abordagem é fundamentalmente errada. Você precisa gastar com filhos e pais, mas seu próprio desenvolvimento ainda deve vir em primeiro lugar.

A culpa destrutiva precisa ser tratada. Caso contrário, todo investimento se transformará em remorso. Além disso, não se culpe pelos seus erros. O investimento malsucedido deve ser considerado uma lição, tirar conclusões e seguir em frente.

Sentimentos de culpa também podem ser provocados pelos próprios parentes. Se não houver como se livrar de relacionamentos tóxicos, você deve entrar em contato com um psicólogo da família. O especialista ajudará a chegar a um compromisso, a minimizar o negativo.

Aprenda a dizer "não" e "sim"

Há muitos treinamentos sobre como dizer "sim" à sua vida e cursos sobre o tema oposto "como dizer não". No primeiro caso, os curadores sugerem não abrir mão de nenhuma oportunidade (lembre-se do filme “Always Say Yes” com Jim Carrey), e no segundo caso, limitar estritamente seu espaço pessoal, não ter medo de recusar os outros.

Vale a pena investir em literatura e cursos temáticos sobre os dois temas. Dizer "não" está tudo bem. É apropriado recusar coisas que definitivamente não trarão alegria, desperdiçarão tempo, energia e recursos. Mas não desista de novas oportunidades. “Sim” deve ser dito a tudo que atrai, mas devido aos hábitos e limitações internas, não pode ser realizado.

E aqueles que não têm dinheiro ou desejo?

Investindo em você: instruções detalhadas + por onde começar

Pode parecer que apenas aqueles que já “se levantaram” e ganharam capital básico podem fazer algum investimento. Pessoas com uma mentalidade destrutiva e pessimista nem começam a ler sobre investir em si mesmas, acreditando que tudo se resume às finanças. Mas esta abordagem está fundamentalmente errada! Investimentos são apenas investimentos. E você pode investir não apenas dinheiro, mas também tempo, conhecimento, adquirir experiência, novas habilidades, relacionamentos em troca. Leva apenas uma quantidade diferente de tempo para obter resultados. Por exemplo, alguém que se matricula em uma escola de inglês e, adicionalmente, estuda com um tutor atingirá um alto nível de proficiência no idioma mais rapidamente do que alguém que estuda em livros de autoestudo.

Mas não pense que os recursos gratuitos são inúteis. Uma pessoa simplesmente terá que gastar mais tempo procurando e verificando informações, corrigindo erros. Na era do coronavírus, existem muitos cursos gratuitos de professores de universidades mundialmente famosas. Na maioria dos casos, os alunos das versões gratuitas dos cursos não recebem nenhum diploma, mas é bem possível estudar na Ivy League.

Aqueles que desejam mudar de especialidade devem candidatar-se à participação em programas de formação com posterior contratação. A empresa treina uma nova profissão gratuitamente, mas receberá parte do salário após o emprego.

Recursos chamados Google e YouTube também ajudarão você a aprender qualquer coisa absolutamente grátis. Na verdade, os usuários de cursos prontos gastam dinheiro para obter informações concisas. Mas tudo o que você precisa pode ser encontrado por conta própria: apenas em vez de dinheiro, uma pessoa gastará tempo.

Há também pessoas que têm dinheiro, mas não desejam gastar em seu desenvolvimento. Normalmente, isso se refere à categoria de idade "50+". Nessa idade, as pessoas acreditam que já sabem tudo, ganharam tudo o que podiam, e a frase “invista no seu verdadeiro eu” é considerada um bom conselho para os alunos de ontem. Mas você precisa se desenvolver constantemente, independentemente da idade. Afinal, uma pessoa vive enquanto se move e se interessa por alguma coisa.

Investir em si mesmo – Bottom line

O investimento certo em si mesmo certamente valerá a pena. Para viver uma vida plena, você precisa gastar dinheiro e tempo melhorando sua situação financeira, saúde e habilidades. Lembre-se, o que quer que esteja prendendo você está na sua cabeça.

O principal é ter um desejo. Dinheiro, tempo são importantes, mas ainda não são recursos primários. Até mesmo ler este artigo já é o primeiro passo para mudar sua vida! O principal é não ficar na teoria e passar para a prática.

Fonte de gravação: zen.yandex.ru

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação